Capítulo 20 parte 1

O baile das estrelas: visitantes ilustres

Enfim, após várias semanas, os preparativos para o tão esperado evento estavam prontos. Todos estavam eufóricos para a noite vindoura, o grande baile da Moto Azabu. Esse era o assunto que tomava conta de toda a cidade. Salões de beleza lotados, lojas de roupas que não davam conta de atender aqueles que deixaram para última hora para escolher seus trajes. E este evento reservaria muitas surpresas.

Serena e suas amigas estavam se preparando para o baile. Não fizeram como de costume, cada uma em sua casa, em seu universo particular chamado quarto. Desta vez, como é algo realmente especial e poderiam usar de certos “artifícios” para ficarem ainda mais encantadoras, resolveram arrumar-se no Templo Hikawa, por ser amplo e também dispor de banhos termais relaxantes. O avô de Rei com certeza, há muito tempo que não via uma movimentação de mulheres bonitas no local, o que deu certo trabalho à jovem sacerdotisa pedir ao bom e simpático velhinho para deixar as meninas em paz. Mas não era apenas o baile que faria daquela noite, algo especial.

Além disso, programaram o baile para que acontecesse no mesmo dia em que daria início o alinhamento dos planetas e um de seus indícios era o eclipse lunar. Mas este eclipse reserva a todos algo especial. Especialistas no assunto afirmavam que seria o mais belo de todos os eclipses já visto nos últimos tempos, pois a lua estaria no auge de seu esplendor. O que ninguém sabia era que por de trás desse fenômeno, as forças do mal já começavam a traçar seus planos e tão próximos de nossas guerreiras que elas nem desconfiavam. Muitas mudanças a caminho.

De volta ao templo…

Depois de seus banhos tomados, as meninas agora estavam quase prontas, só não contavam com uma bela surpresa que os guardiões do reino lunar estavam trazendo.

Ouve-se a voz do gato Artêmis ao fundo.

Artêmis: Meninas venham ao salão principal.

Mina: O que essa bola de pêlos quer agora? Vejam se isso é hora de oportunar belas damas que estão fazendo a maquiagem. Ele devia saber que a maquiagem é uma arte e requer concentração.

Rei respondeu com um ar de deboche.

Rei: Bem ao menos para aquelas que ainda não têm uma beleza natural como eu, com certeza, um retoquezinho aqui e ali é indispensável.

Mina: Mas com certeza não é o meu caso queridinha já que trago comigo o planeta guardião de Afrodite, a deusa mais bela – mostrava a língua.

Serena: e depois a infantil sou eu. Eu praticamente já estou pronta, não gosto de tantas coisas no rosto, mas hoje a ocasião merece. Vamos logo ver o que esses dois gatos querem logo.

Lita, que já havia se aprontado vem do salão principal do templo com uma expressão de grande alegria no rosto.

Lita: Meninas vocês não vão acreditar. Venham logo.

Lua e Artêmis, na condição humana estavam com seus trajes de guardiões e ao centro do salão estavam lindos vestidos cada qual com a cor de sua princesa e uma linda tiara com a pedra igualmente às dos pingentes que carregavam, ornavam a roupa.

Ami se impressionou por ver os gatos na forma humana.

Ami: desde quando estão na forma humana?

Artêmis: acreditamos que é efeito do eclipse que está para ocorrer esta noite, mas isso não importa agora. Lua, teria a bondade de explicar a serventia destes ornamentos?

Lua: Meninas, esta ocasião é muito especial. O alinhamento dos planetas se aproxima, e naturalmente, seus poderes sofrem influência deste fenômeno. Devido à sua proximidade, Artêmis e eu, ficamos encarregados de lhes trazerem estes vestidos. São as vestes reais daquelas que, um dia pertenceram às primeiras princesas de cada planeta.

O legado dos poderes sempre foi passado de geração á geração e hoje a maior herança desses poderes vocês irão receber no decorrer deste alinhamento. Antes de vocês irem ao baile, peço que peguem estes vestidos juntamente com a tiara que não é somente um adorno real do reino dos quais cada uma de vocês é descendente, mas é também parte do novo poder que logo despertará.

Lua então distribuía os vestidos a cada uma de suas princesas que estavam surpresas não só com as revelações que acabaram de receber, mas pela beleza e delicadeza dos trajes. Eram vestidos estilo deusas gregas, com arremate de flores na altura da cintura, as costas seminua sendo revestida por uma fina renda com pequenos bordados e alças trabalhadas em mini cristais de tons mais escuros. Os vestidos eram longos, de tecido fino e leve que ao caminhar, as meninas pareciam flutuar.

Artêmis por sua vez, adornava as meninas com suas respectivas tiaras, combinando perfeitamente com o penteado que cada uma fizera: Lita usava o cabelo meio preso de lado, Mina usava uma presilha em um dos lados do cabelo, deixando as pontas levemente cacheadas, Rei estava com uma trança lateral onde as mechas eram intercaladas com pequenos pontos de luz, Ami estava com seu cabelo solto e as pontas levemente onduladas, já que ele estava um pouquinho maior que o habitual que costuma usar.

Serena porém, era a única que usava um vestido totalmente diferente das demais mas sem fugir muito dos padrões e era também de mesmo tecido leve e delicado. Era um vestido róseo bem claro, frente única com drapeado na altura do peito, da altura da cintura para baixo desciam pequenos bordados em cristais de prata formando pequenas rosas. As costas eram revestidas por uma linda renda branca de finos bordados. Seus cabelos estavam cacheados e semi presos, com alguns pontos de luz.

Rei olha para o relógio da sala, é quase hora dos portões da faculdade se abrirem para o baile.

Rei: Haruka e as demais já devem estar a caminho.

Mina: tenho curiosidade de ver os vestidos que elas ganharam, imaginem só Haruka de vestido que escândalo! *imagina um SD de Haruka jogando um beijo*

As meninas riem

Ami: acho que as probabilidades de Haruka usar um vestido são de 0,001%.

Lita: Serena, e a Rini, não ia no baile também?

Serena: ela ficou de ir com a Hotaru e as Sailor Quartet. Setsuna aplicou um castigo para essas bagunceiras.

Na hora marcada, os portões da faculdade se abriram, recepcionando a todos com lindos jogos de luzes, fogos de artifícios e jardins decorados com chuvas de estrelas e demais adereços. Será um lindo baile de máscaras, porém com um toque de modernidade com danças, música eletrônica, e shows com artistas diversos, dentre eles o casal mais badalado da noite, Haruka e Michiru que não demoraram muito a adentrar ao salão.

Michiru estava com um belo vestido frente única azul turquesa e seus cabelos preso com um lindo coque mas com alguns fios soltos alternadamente. O arremate do coque ficara por conta de uma linda estrela do mar feita em ouro branco com pedras água marinha. Haruka por sua vez, vestia um belíssimo smoking preto com camisa de seda branca e faixa em um tom azul mais escuro contrastando ao vestido de sua companheira. Setsuna e Hotaru chegavam logo em seguida, sendo a primeira usando um belíssimo vestido em tom vinho, tomara que caia, seus cabelos dessa vez estavam presos em uma trança lateral que alternavam com pequenos pontos de luz e belos brincos de granada e a segunda com um lindo vestido lilás e roxo com a saia levemente rodada , uma linda faixa lilás em seu cabelo.

Jin, o garanhão da faculdade estava um tanto ansioso pela chegada de seu par que em muito insistiu que não a buscasse pois viria com as amigas, era algo que ela não abriria mão. Mas até que a mesma chegasse ao local, não deixava ele de olhar para outras belas jovens e flertar.

Lorelei por sua vez, com sua beleza exótica, estava trajando um vestido que mesclava tons pastel entre o laranja e o pêssego e seus cabelos estavam semi presos com uma fivela em formato de estrelas. O bordado do vestido com pequenos cristais em furta cor, lembravam a imagem de uma galáxia vista através de um observatório. Enquanto isso no templo Hikawa as meninas terminavam os últimos retoques da maquiagem e ajustavam os vestidos, para dar o caimento adequado. Todas estavam belíssimas e mal podiam esperar para chegar ao baile. Estavam aguardando a presença de Darien, Red e Andrew, para então seguirem ao baile.

Mina: Eles estão demorando, hein?

Rei: Não seria melhor pegarmos um táxi?

Lita: Se pegarmos um táxi nos desencontraremos.

Ami: Um só táxi seria insuficiente e…

Serena: Está dizendo que estamos gordas, Ami? – disse Serena estreitando os olhos para a Sailor Mercúrio.

Ami: Não, imagine!

Rei: Não dê atenção, Ami. A Serena só escuta aquilo que quer. Aposto que só não pega um táxi porque quer chegar exibindo Darien lá na faculdade.

Serena: É isso mes-…digo, claro que não! – o rosto da jovem enrubesceu, enquanto encarava Rei.

Lita: Vocês duas, sem brigas hoje. Pelo menos hoje. – a garota revirava os olhos.

O som de buzinas interrompeu o começo de um rosnado emitido por Sailor Moon, ao ver Marte estirando a língua.

Ami: Acho que são os rapazes.

Lita: Em qual carro você vai, Mina?

Mina: Claaaaaro que no carro do Red né? *corações envolvem Mina*

Apenas Darien e Andrew adentram o salão.

Darien: desculpem meninas, o Red teve que ir na frente para garantir uma noite inesquecível para todos nós. Ao terminar a frase, ele olha para as meninas que estão lindas, porém seu deslumbramento é maior ao ver a sua amada. Serena, é você mesma? Não estaria eu vendo a imagem da princesa da lua não? Está tão bela!

Serena enrubesce a face e sorri.

Serena: mas acaso não sou senão a própria? – ri e aproximasse do amado beijando-lhe a face.

Mina assume uma expressão de desapontamento, mas logo se recupera.

Andrew: OK, quem vai comigo?

Sob a possibilidade de um acidente pior do que a série de filmes Premonição, caso Serena e Rei dividissem o mesmo carro, Darien levou Serena e Ami e Andrew levou Rei, Mina e Lita.

Já na entrada da faculdade, as meninas ajeitaram seus vestidos enquanto Darien, juntamente com Andrew procuravam um lugar para estacionar.

Serena: Meninas, vocês estão realmente lindas, maravilhosas. Acredito que nem em tempos do futuro ou mesmo do passado, me recordaria de vê-las tão belas em um baile como o de hoje. Estou tão emocionada e feliz de poder estar vivendo esse momento com vocês.

Rei: E lá vem a chorona da Serena. Se continuar assim vai borrar toda a maquiagem.

Serena: Ah Rei, não me amola! Sou chorona sim e daí? Mas hoje nem suas provocações irão me chatear, pois hoje é uma noite muito especial para todos nós. E depois se eu borrar a maquiagem uso a caneta da transformação e pronto. – disse Serena mostrando a língua para Sailor Marte.

Ami: Realmente essas duas não vão mudar nunca… – a jovem colocava a mão na cabeça em desaprovação. Mas suas preocupações logo viraram ansiedade. Soube que Richard recebera convite e não pôde conter o rubor das bochechas ao pensar na reação dele ao vê-la tão…diferente. Dessa vez seu rosto não estaria coberto por algum livro…

Lita e Mina  notaram a expressão de Ami e logo a tiraram do momentâneo transe.

Mina: Aí hein Ami? Toda quietinha se fazendo de discreta, mas aposto que está pensando no Richard, em como irão dançar coladinhos. – ria ao fazer o comentário.

Lita: De fato está muito bonita Ami e não deveria se sentir envergonhada por causa disso. Amar não é vergonha alguma e tão pouco demonstrar seus sentimentos. De verdade, espero que vocês dois hoje possam se divertir muito e finalmente falar o que vai dentro do coração de vocês, afinal acho que desde aquele dia no parque de diversões, ainda não tiveram uma chance melhor de se falarem não é mesmo?

Ami: Lita!!!! Achei que não se lembrasse mais daquele dia e sim você tem razão, procurarei ser menos tímida e tomar coragem pra falar com ele.

Mina: É assim que se fala amiga – fazendo o tradicional “V” de vitória.

Mina, porém, sentiu um leve toque no ombro e virou-se. Michiru aparecera seguida por Haruka, que as cumprimentou com uma piscadela.

Michiru: “Ele” quem?

Mina: Alguém que Ami vai adorar reencontrar hoje, não é? – disse a Sailor dando uma pequena cotovelada em Sailor Mercúrio.

Michiru: Um admirador?

Ami: B-bem…

Rei: Um amigo.

Lita: Um antigo amor…ai ai…

Mina: Uma paixão avassaladora interrompida pelo inegável dever de salvar o mundo!

Haruka: Vocês estão falando de um namorado ou da sinopse desses “romances de banca”?

Ami: Ai, gente…que exagero…

Serena: É, Mina! Não vou deixar que atrapalhe a Ami de beijar seu grande amor hoje!

Ami revirou os olhos e cobriu as bochechas com as mãos. O primeiro constrangimento da noite. Netuno reparou e logo iniciou outro assunto.

Michiru: Ora, ora…mas como estão bonitas. Ao que parece, vai ser um pouco difícil nos concentrarmos na apresentação…não é, Haruka?

Haruka: De fato. – disse com um sorriso – Sorte que em algumas músicas eu não preciso de partituras, assim eu posso vê-las enquanto toco.

As meninas entreolharam-se, corando levemente. Chegando ao salão, várias pessoas voltam seus olhares para admirar a chegada do grupo que se aproximava. Até Kelvin e a Molly ficaram admirado ao ver como suas amigas estavam belas.

Molly: Serena é você mesma? Está tão, tão bela. E as demais também. Lindos seus vestidos, parece até vestidos de princesas de verdade.

Kelvin: Impressionante mesmo o visual. Lembram até deusas.

Todas apenas sorriem.

Um certo casa nova, ao perceber tal movimentação no salão volta sua atenção e fica sem fôlego ao vislumbrar então por aquela a quem  esperava, embora ficasse boa parte do tempo era jogando charme para as demais garotas.

Jin: Lita??? É mesmo você ou estou tendo uma visão de uma linda deusa. Está simplesmente maravilhosa. Toda sua insistência para eu não ir lhe buscar realmente valeu a pena. Pega a mão da jovem e a beija.

Lita: O-obrigada querido. De fato minha insistência deu bons resultados.

Ami: err…vamos mudar de assunto sim? Cadê a Setsuna com a Hotaru? A Rini e as Quartet também vieram?

Haruka aponta para a mesa central do bufê.

Haruka: estão logo ali se servindo de hors d’oeuvres*.

(*aperitivo)

Lita: nossa, a disposição deles está linda, é maravilhoso ver quando as minhas receitas estão presentes em uma mesa tão bonita. Não é Sere…? Serena?

Mina: ih, ela foi. Falou em comida, lá vai nossa odango.

Não a culpo por isso, realmente estão divinos, os melhores hors d’oeuvres que já comi em toda minha vida. – disse Red se aproximando segurando dois copos com ponches.

Haruka: Ora se não é a laranja irritante. Você vai tocar hoje não é mesmo?

Red: Isso mesmo, me convidaram porque sou o melhor DJ da…

Antes que Red pudesse se exibir, Mina agarrou-lhe um dos braços.

Mina: Haruka, você me empresta o Red um pouquinho? – disse a sorridente Vênus, enquanto Red fazia mímicas de que não queria ir e Haruka o ignorava.

Haruka: Pode levar.

E o jovem foi instantaneamente arrastado pelo salão, enquanto Haruka dava um meio sorriso, pensando que Vênus seria uma punição hilária para o rapaz.

Michiru: Mina parece ter a força de dez guerreiras quando se trata de quem gosta… – comentou, aproximando-se da loira.

Haruka: Vênus está obcecada por esse moleque.

Michiru: muitas garotas fariam o impossível para namorar com ele. Ele é bonito, diferente e um tanto misterioso. – falou a violinista colocando uma das mãos no queixo, pensativa. Haruka estreitou os olhos.

Haruka: oe, não me diga que está a fim desse moleque, sereia…

A violinista riu.

Michiru: talvez eu repita a dose com ele como naquela boate, ele é bastante envolvente.

Haruka fica mais vermelha do que a saia de Sailor Marte.

Michiru: estou brincando, cabeça de vento. Ora,ora espero que Darien não se importe de eu ter pego emprestado o doce apelido que ele dera a nossa carinha de lua cheia. Pensei que hoje tivesse deixado o ciúme em casa, junto com o relógio. – Haruka franziu o cenho e virou o rosto. – Venha, vamos esfriar a cabeça e tomar um ponche.

Haruka: Espero que tenha muito álcool, a noite vai ser difícil… – disse a loira emburrada deixando-se levar pela parceira.

Rini nos bastidores do palco conversava com suas companheiras, o número que apresentarão será de acrobacias no tecido com Jun Jun, pirâmide de taças com Palla Palla, dança do fogo com Ves Ves e ilusionismo com Cere Cere, no qual a não tão pequena dama faria parte.

Rini: Cere Cere, vamos repassar tudo de novo, o que tenho que fazer no final do número?

Cere Cere: você simplesmente irá ficar parada e ninguém vai perceber que usamos magia, vão pensar que você passou por um alçapão.

Rini: assim fico mais tranquila. Mas lembre-se que ao final do número devo estar com minha roupa real que a Diana veio trazer para mim certo? Você viram como vestido é lindo todo em florais rosas e lilás bem clarinho e aquela tiara então. Sem contar que dessa vez quero meus cabelos soltos. Palla Palla, está pronta com as taças?

Palla Palla: sim, ensaiei a semana toda, Palla Palla não vai errar.

Ves Ves: já que não posso domar animais no meio do palco, vou fazer o meu número mais simples, vou domar as chamas.

Jun Jun: essa metamorfose da lagarta para borboleta no tecido nunca falha.

Rini: estamos prontas então?

Sailor Quartet: prontas!

E na mesa numerada para as garotas, Hotaru mexia os gelos de seu refresco de frutas com o canudo um pouco pensativa.

Hotaru: papai.

Setsuna: no que está pensando Hotaru?

Hotaru: não é nada, apenas penso no meu pai. Está tão longe fazendo pesquisas, sinto um pouco de falta dele.

Setsuna: entendo, mas hoje é um dia festivo, tente aproveitá-lo. A juventude é uma fase muito bela da vida.

Hotaru sorri e acena com a cabeça.

O show de Rini e Sailor Quartet começa assim que Red dá uma pausa na pick-up e passa o microfone para a jovem dama dos cabelos róseos.

Rini: senhoras e senhores, eu gostaria que conhecessem algumas de minhas amigas.

Cere Cere sai de um espelho falso.

Cere Cere: a ilusionista Cere Cere.

Palla Palla entra no palco em pé rolando uma bola.

Palla Palla: a equilibrista Palla Palla.

Jun Jun desce do tecido no qual irá realizar seu número.

Jun Jun: a acrobata Jun Jun.

Ves Ves estala o chicote.

Ves Ves: a domadora Ves Ves.

Quarteto: somos o Quarteto Amazonas.

As garotas são ovacionadas com aplausos, logo o número começa com Jun Jun subindo no tecido enquanto Ves Ves acende duas tochas e inicia sua dança.

Rini joga as taças para Palla Palla empilhar e se equilibrar no topo das taças.

Cere Cere: agora, essa linda senhorita de cabelos róseos vai entrar nessa caixa e algo muito surpreendente irá acontecer.

Rini entra na caixa e Cere Cere a cobre com um véu.

Todas param e falam em coro “Amazonas!”, Cere Cere abre a caixa e borboletas voam por ela, Rini havia desaparecido. Jun Jun desce do tecido com asas de borboleta e Palla Palla se equilibra nas taças jogando água do pequeno jarro preso em sua cintura. Ves Ves estala o chicote e as borboletas voam em direção ao fundo do palco formando uma espécie de redoma, elas dispersam e revelam Rini, o show é um sucesso.

Enquanto as garotas são aplaudidas de pé pelo público, Red sai das vistas de Mina e dirige-se à Haruka.

Red: Ei, até o fim da noite poderíamos…você sabe, trocar de casais. O que acha?

Haruka encarou-o, possessa e pensou por um segundo se teria escutado direito. O rapaz continuava olhando-a, como se tivesse dito algo extremamente natural. Foi aí, que instintivamente jogou contra o jovem seu copo com ponche e vociferou:

Haruka: Está louco, moleque?! Eu lá tenho cara de fazer….esse tipo de troca?

Red: Quê?! Enlouqueceu?! Por que fez isso?

Haruka: Como assim “por quê?” Agradeça por não ter jogado outra coisa, diante de sua proposta!

Red: Calma! Eu pensei que não se importasse…

Haruka: Pervertido!

Red: Hã? Eu sou pervertido por querer fazer o que muita gente faz em bailes?

Haruka: Não sei que tipo de bailes frequenta, mas eu e Michiru não fazemos esse tipo de…perversão.

Red: Nossa, então vocês devem dançar de uma maneira muito bizarra…

Haruka: D-Dançar…?

Red: O que mais poderia ser?

Haruka arregalou os olhos. Seu cérebro parecia estar dentro de um liquidificador. Por pouco não tinha arremessado o jovem pela porta do salão e obrigado a comer poeira.

Red: Ei! – cutucou a loira – Não vai pedir desculpas pelo que fez?

Haruka: Bom…eu não devia ter jogado o ponche…

Red: Isso foi um “desculpa”?

Haruka: É o máximo que vai ganhar. – cruzou os braços, deixando o rapaz confuso.

Michiru se aproxima dos dois.

Michiru: alguém está todo trabalhado no look Campari hoje, o que houve com você Red?

Red não disse uma palavra, apenas dirigiu seu olhar à Haruka, seus cabelos e olhos brilharam por milésimos de segundo, logo dirigiu-se ao banheiro.

Haruka: você viu isso?

Michiru: sim, algo muito estranho para um ser humano. Vamos manter os olhos bem abertos.

Haruka: farei um interrogatório com esse moleque do meu jeito. *estrala as mãos*

Michiru: não sejamos precipitadas, talvez possa ter sido um jogo de luz. Bem, é a nossa vez de tocarmos.

Haruka suspira e sobe ao palco com Michiru.

Lorelei anuncia a dupla.

Lorelei: e agora, diretamente do Colégio Mugen Gakuen, a dupla Michiru Kaiou e Haruka Tennou.

Após três músicas, repentinamente, as luzes se apagam do nada. Haruka sente o piano fechar em suas mãos. Ouve-se um estalar de dedos muito familiar e uma certa vinheta começa a soar pelo salão.

Os holofotes se acendem e estão voltados para nada mais nada menos do que o grupo Three Lights. O telão mostra várias estrelas cadentes e o grupo começa o instrumental de Nagareboshi o que leva as garotas presente ao recinto a loucura e cada integrante da banda joga uma rosa para a plateia e finalmente começam a cantar.

Seiya: boa noite, Moto Azabu!

Yaten: depois de dois anos.

Taiki: estamos de volta!

Seiya: creio que vocês sabem a letra desta canção, então cantem conosco!

Serena e as meninas vibram com o retorno de seus amigos. Desde a última batalha não haviam tido notícias deles e sua princesa.

Em coro todos cantam diversas músicas do grupo. Red volta do banheiro com a roupa de gala que tinha guardado para o baile de máscaras e vê Haruka assoprando os dedos.

Red: parece que uma estrela cadente caiu em cima dos seus dedos, Haruka. – disse com um tom de sarcasmo.

Haruka: você me paga, moleque.

Red: quem devia me pagar era você, aquelas roupas custam caro sabia?

Michiru não pára de rir dos dois.

Michiru: estou vendo que a noite promete.

Haruka pega Red pelo colarinho.

Haruka: espere um momento, moleque.

Red: eu tenho nome, sim? O que foi?

Haruka: a tal “surpresinha” era o show dos Three Lights? Por um acaso você os conhece?

Red: sim, são amigos de longa data, por quê?

Haruka: de onde os conhece?

Red: eles fizeram um show em….em…em Paris, e estavam sem lugar pra ficar e ofereci minha casa pra eles dormirem.

Haruka levanta as sobrancelhas como se não tivesse acreditado.

Haruka: ah sei.

Red: pode me soltar agora?

Haruka o solta, Red vai se servir do bufê.

Haruka: são muitas coincidências, tem algo muito estranho com esse moleque.

Michiru: sim, vamos nos reunir com o restante das meninas agora, depois falamos disso.

Haruka: eu queria é ficar sozinha com você, sereia.

Michiru: entre quatro paredes você tem a mim o tempo todo, não seja egoísta.

Haruka: bah…

Seiya se aproxima de seu velho amigo e não deixa de notar o quão bela está a violinista e aproveita para dar uma apimentada na situação

Seiya: Pois bem senhorita Michiru e a noite promete mesmo minha jovem. – aproxima e beija a mão da violinista. Poderia a senhorita tocar novamente conosco como da última vez?

Michiru: Continua um admirador de músicas clássicas então? – sorri.

Seiya: bem, digamos que não seja só pela música sabe.- diz com ar sedutor

Haruka: Oe, mas o que você está insinuando? Não estou gostando do rumo dessa conversa sereia.

Michiru: acho que não tem motivos para se preocupar honey – beija a velocista na face- vou apenas tocar uma canção e acho que Seiya não se importaria de termos mais um solo no piano não é mesmo?

Seiya: Será algo bem interessante.

Red: é parece que alguém hoje aqui anda com dificuldade de entender as coisas não é mesmo Haruka?

Haruka: Ora seu moleque. Não se meta e vá arrumar o que fazer ao invés de pegar no pé.

Taiki: vocês pretendem ficar nessa novela até quando? Afinal temos músicas para cantar e  hoje a noite será inesquecível. Andem logo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s