Capítulo 14

O que pode acontecer com um simples “vamos ás compras”? Muitas coincidências (^_^)

Depois das compras……

Ao entrarem no restaurante não puderam se dar conta da enorme coincidência ao avistarem as meninas em uma das mesas. Se bem que em se tratando de Mina Aino, que praticamente ficava seguindo o galante que ficara com ela na boate, tal como fazia com Tree Lights, não era difícil imaginar que arrastaria as meninas com ela, com o propósito de um encontro casual para ficar mais perto do jovem DJ da Lua de Prata.

Darien: Veja Serena, não são as meninas? Mas como elas sabiam que estaríamos aqui? Você comentou alguma coisa, ou foi plano desse super-saiyajin de meia tigela?

Red: ei! Pode parar, senhor calça de palhaço!

Serena: Ah, mas calça de palhaço ele não tem mesmo viu, cabeça de batatas fritas ambulante.

Red: não tem mais calças de palhaço graças a mim.

Darien: ah sim e devo dar-lhe um beijo por conta disso em agradecimento?

Nisso, Darien se aproxima de Red fazendo beicinho para beijá-lo, Red faz uma cara de quem comeu uma panela de wasabi e dá um cascudo no rapaz mascarado.

Red: desculpe, você não faz o meu tipo, prefiro rapazes loiros que trabalham em lojas de games. É brincadeira na verdade eu gosto de… Red iria completar a frase quando no mesmo instante aparecem nada mais nada menos que Haruka e Michuru.

Haruka: Oe, tu não perde tempo hein, moleque? Precisa ter muita coragem para assumir de verdade, meus parabéns. Red fica com uma gota enorme na cabeça mas nem contesta o argumento da velocista de modo a deixar rolar até onde o papo seguiria.

Michiru coloca a mão na boca e pigarreia, discretamente pisa no pé de Haruka com um sapato salto agulha.

Michiru: ara, Haruka. Quem é você para debochar da opção sexual dos outros? Bem que eu queria ter esses momentos com você mais vezes quando não há ninguém por perto.

Haruka: M-mas não estou debochando e…Michiru…espero que não se importe em…sair com alguém perneta, esse salto detonou meu pé – falava a loira segurando a ponta do próprio calçado.

Serena faz uma cara de pidona.

Serena: Darien, prefere beijar essa laranjinha azeda à sua doce namorada?

Darien pega a garota distraída e a beija suavemente.

Darien: isso responde à sua pergunta? Para mim só existe uma pessoa que me faz sonhar acordado todos os dias, você. – Serena com dois corações imensos piscando em seus olhos.

Haruka: Hey – fitava Serena e Darien – Guardem os beijos pra depois né?

Serena: Ué? Que fiz de errado? Por acaso não gosta de demonstrações de amor em público Haruka? Para quem levou um belo pisão no pé não sei se seria a melhor pessoa a questionar sobre isso, ou se fui eu que não fiz a pergunta certa- rindo com a mão na boca. Se bem que no seu caso acho que não foi nem a flecha do cupido mas o salto agulha da Michiru que te fisgou?

Haruka: Hum…não que eu não goste, mas acho que o batom na boca de Darien, talvez não seja uma boa ideia – ria

Serena: – com uma gota enorme na cabeça e envergonhada- Hã? Ah é! Tem razão , embora ele fique lindo de qualquer jeito. – suspira, enquanto tira um lenço do bolso da saia para limpá-lo.

Longe dali, as meninas conversavam amistosamente, até que Ami avista cinco pessoas muito familiares discutindo. A guerreira regida pelo planeta Mercúrio por sua vez faz sinal para que eles fossem até a mesa.

Red: a Ami nos viu, vamos logo – e  terminou sua sentença emburrado.

Já na mesa, depois de cumprimentar a todos, o papo ainda continuava com os recém-chegados.

Serena: bem não seja por isso eu uso batom claro mas acho que no seu caso talvez ficasse com a cara do Coringa não?

Haruka: Dependendo de quem transferisse o batom, não me importaria… – assobiava

Michiru: Gostaria de levar de levar mais um pisão Ruka? – Michiru a olhava de lado.

Harulka: Mas…mas…foi uma indireta pra voc… – suspira – Não, não quero…

Darien: mas que esse pisão deve ter doído, não duvido. Jamais imaginaria a força feminina sendo expressada por um sapato – imaginando uma mini serena com uma bigorna no pé em cena parecida – Bem, melhor não contrariarmos e chamarmos o garçom.

Rei: Xi, a previsão do tempo para hoje é de terremoto e um tsunami de um quilômetro de altura.

Ami: Mas não é verdade. Se bem que a julgar pelos ânimos aqui na mesa, jamais pensei ter um encontro tão inusitado.

Haruka:- sussurrando nos ouvidos da Michiru – Oe, Michiru…às vezes eu penso que as Sailors possuem um ímã invisível…nunca vi tantas coincidências nos encontros.

Michiru: isso é coisa dos roteiristas, falta de criatividade é algo lastimável.

Rei: e você acha mesmo que foi coincidência? Se bem que pra Mina, qualquer pretexto vira desculpa para… Aí – iria continuar se não fosse o “Sailor-V Kick” de Mina por debaixo da mesa.

Mina: O que é isso, Rei? É apenas PURA coincidência encontrar Serena, Darien e Red oras, até encontramos Michiru e Haruka – fulminava Rei com os olhos por quase por seu plano rolando por água abaixo.

Sente-se aqui Red, perto de mim, Lita e Jin. – Mina convidava de forma gentil e festiva, pois queria “fisgar” esse DJ a qualquer custo.

Quando Red se sentou ao lado de Mina, cruzou os olhares com Jin Fujisawa. O rapaz sentia uma antipatia por ele desde o primeiro dia de aula na Moto Azabu.

Red: muito obrigado, Mina.

Haruka fez sinal para Michiru.

Haruka: parece que isso está começando a ficar interessante, Michi.

Lita por sua vez olhava Red de outra forma, de uma forma com a qual jamais olhara pra Jin, embora achasse que este era digno de estar ao seu lado.

Amo: como assim interessante, Haruka? Onde você quer chegar com isso?

Jin: olá, Red. Como tem passado?

Red: é, vou indo…quando vamos comer? Estou com fome. *olhava para Jin com fogo nos olhos*

Haruka: Tem alguém que não consegue admitir os sentimentos… – olha para cima, meio que cantarolando a frase.

Rei: é o que estou pensando, Haruka?

Haruka: depende, Rei…quem tem problemas em admitir que gosta de alguém aqui?

Mina: Gostar? Ah sim gosto muito do R-red, quero dizer do recinto – dizia Mina achando que todos percebera que literalmente ela estava dando em cima do Red, o que não deixava de ser verdade, pois ele sempre fora muito atencioso com todos sem exceção, um pouco mais atencioso com as garotas é fato.

Ami: olha, sei que sou muito boa nas matérias da escola, mas agora me perdi, alguém me ajuda.

Darien e Serena olhavam o cardápio completamente ausentes ao que estava acontecendo na mesa.

Red: err…Darien. aqui tem Udon e Takoyaki? Se tiver quero uma porção com 24 takoyakis e uma tigela de udon. E vou no rodízio de sushi.

Lita disfarça, às vezes faz um carinho em Jin, mas vez ou outra se percebe olhando para Red. Mina por sua vez o enche de mimos, faz perguntas, ajuda a escolher o cardápio, embora este estivesse mais interessado na sailor do trovão que tanto lhe chamava a atenção. Quando Jin abraçava Lita, Red se sentia desconfortável e com uma vontade louca de voar no pescoço do rapaz e quebrá-lo em mil pedaços.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s