Capítulo 09 – parte 2

Visita à faculdade – 2ª parte

Lita: Ai Serena…Esse garoto que está nos levando para ver as outras áreas da faculdade é tão…tão…bonito. Se parece como o garoto que partiu meu coração.

Lita fica com o rosto corado.

Serena: Você não toma jeito mesmo né? Aí Lita, esquece o “garoto que partiu meu coração”! Vai ser melhor pra você. Mas…se bem que ele é até bonito, quem sabe não seja ele mesmo seu príncipe? Quer que eu pergunte o nome dele?

Lita: P-perguntar o nome dele? Não! Quer dizer, não precisa!

Lita desespera-se, pois sabe que a amiga é capaz de tudo para ver seus amigos felizes mesmo que isso provoque um ataque de constrangimento e deixe sequelas neurais pro resto da vida. A garota mal se vira e depara-se com o que mais temia: O grupo já estava se reunindo aos demais alunos no pátio principal da faculdade.

Serena: Olá! Com licença, tudo bem? Meu nome é Serena e tenho uma amiga que gostaria de saber mais sobre os cursos.

Jin: Olá tudo bem? Nossa você é muito encantadora. Muito bonita.

Serena fica corada e responde ainda nesse estado.

Serena: Olha o-obrigada, mas eu sou comprometida, namoro o Darien Chiba, você o conhece?

O estado de rubor pertence ao rapaz agora. Pois acabara de saber que Serena além de bonita é namorada não só do cara mais popular da faculdade mas de um excelente aluno, que, aliás, é seu colega de sala.

Jin: Ah sim, me desculpe. Então quer dizer que Darien é seu namorado? Me desculpe a falta de educação. Nós somos colegas de sala.

Serena: Nossa! Que bom conhecer um amigo do meu querido Darien. Bem, mas como eu ia dizendo, tenho uma amiga que gostaria de saber mais coisas, poderia falar com ela? Serena mostra Lita ao rapaz que se encontrava perto de umas árvores querendo enfiar a cabeça no chão literalmente.

Nota mental da Lita “não acredito, sei que Serena é cara de pau, mas dessa vez ela foi longe demais. O que falo agora? Eles estão chegando, aiaiia Lita, Lita se concentre e aja naturalmente…vamos, respire fundo e vá em frente. Essa Serena sempre dando uma de cupido; pedirei as flechas flamejantes de Marte para dar uma lição nessa intrometida. Mas nesse momento estou mais para pedir um terra trema de Urano para me esconder”

Serena: Lita, Lita? O que está fazendo aqui?

Lita: Ai Serena nada demais, só admirando essa bela árvore de carvalho. Nota mental da Lita “foi a melhor desculpa que pensei”. Lita percebe que o carvalho transformara-se subitamente em uma cerejeira…NÃO…a árvore sempre fora uma cerejeira.

Serena: Lita este rapaz é o Jin, ele é colega de sala do Darien.

Jin fica parado por instantes admirando aquela beleza tão singular e encantadora que estava diante de seus olhos. Ele pensa: sempre fiquei com várias garotas, aliás, com quantas eu quisesse, mas nunca vi uma garota tão linda como esta. Com certeza ela será meu par perfeito para o baile.

Jin: Muito prazer meu nome é Jin. Sua amiga me disse que gostaria de saber mais sobres os cursos, no que exatamente você se interessou?

Lita: Ahh…Olá, me chamo Lita, bem eu ainda estou em dúvida de se voc.. Quero dizer da paisagem que é vo.. ai nossa sobre gastronomia. – diz olhando pro chão…e pedindo aos deuses que mandassem bombas de fumaça para que formassem uma cortina e facilitasse sua fuga do constrangimento.

Serena sai de fininho para não interromper, certa e vitoriosa de que conseguiu fazer Lita encontrar alguém especial.

Do outro lado da faculdade….

Mina: Hey meninas! Não é o Red que está ali adiante com Darien e Andrew?

Rei: É bem provável.

Mina sai em disparada ao encontro de Red. É incrível de que apesar da Urano ser a Sailor do vento, Mina muitas vezes consiga ganhar facilmente de Haruka Tennou quando se trata de gat….rapazes bonitos…

Mina: Olá Red, que bom encontrá-lo aqui. * mina com os olhos estalados e corações na cabeça, estourando e brotando sem parar.

Red: Ah sim, olá lacinho de presente, tudo bem? Gostando do evento?

Mina: Melhor agora que estou com você.

Rei: Ahhh..ha..ha… “Essa Mina não toma jeito mesmo. Um dia ela ainda vai acabar se machucando por agir assim.”

Mina, com uma perícia que iria deixar muitos adeptos da luta livre com uma ponta de inveja, dá uma meia gravata (vide todas as cenas com Taiki) no pescoço de Red, tentando uma singela proximidade com o rapaz.

Red: &$%###$@!!!!! – diz, quer dizer, não diz o rapaz…que no momento estava sufocado.

Mina: Nossa Red, não sabia que ensinavam javanês na faculdade! É javanês não é?

Rei: Está mais pra sufoquês…diz Sailor Marte olhando atravessado para Mina.

Red: Argh!!!! (conseguindo uma folga para respirar) M-meu pescoço!!!

Mina: Ora! Eu só estava brincando! – completa e solta uma risada que faria Nehelenia tremer nas bases.

Red: Sabe…o esqueleto humano tem duzentos e seis ossos, hoje tenho certeza que perdi trinta e dois…*Crak….trinta e três…*Crak…trinta e quatro…

Mina: Ah, Red! Você parece um rapaz saudável, forte, gost… er…musculoso…você aguenta… – diz sorrindo.

Red: Tem certeza que não quer entrar pra Liga Masculina de Luta Greco-romana da faculdade?

Ami: Não quis dizer feminina?

Red: Não…com essa força as meninas iriam morrer nos três primeiros segundos por asfixia.

Haruka: Por que acha que meninas são tão frágeis assim? – diz Haruka um…tanto quanto alterada…

Michiru: Ara, Haruka não comece…

Red: Haha…não me entenda mal…só quis dizer que esse “talento” da jovem aqui (aponta para Mina) pode ser utilizado de maneira apropriada e com serviços médicos disponíveis aos que sofrerem tal golpe.

Todas riem enquanto o jovem completa:

Red:…..Por que não aproveita, seleciona umas dez meninas e forma um grupo de guerreiras para lutar contra o mal em Tóquio? – diz inocentemente sem perceber que acertara 200% na descrição da outra vida que as meninas levavam e que nesse momento não tinham nenhuma expressão no rosto tamanho o susto da informação que receberam…

De repente, a conversa que estava tão animada, dá lugar ao silêncio.

Red: Noossa, mas o que foi que eu disse? – sem entender nada com uma mega gota na cabeça .

Enquanto isso duas pessoas – na verdade quase duas porque Lita já havia perecido de vergonha…graças à Serena – papeavam debaixo de uma cerejeira. Uma terceira mais conhecida pela alcunha de Odango, tentava descobrir onde era o refeitório do local.

Ela perambula por todo o prédio e pelos jardins da faculdade em busca de algo que possa parar o som que saía de seu estômago faminto, afinal só estava com o café da manhã. Para uma jovem em desenvolvimento um café da manhã é pouco – pensa Serena até que se deparou com a cantina da faculdade,  seu segundo paraíso depois dos braços de Darien. E passou alguns minutos, ou seriam horas? Afinal o apetite daquela jovem realmente não era desse mundo. Ninguém é capaz de consumir inúmeros bolinhos em tão pouco tempo como essa jovem de longos fios dourados e cuja cabeça é adornada por odangos.

Serena: Hummm….sinto cheiro de bife ao molho madeira, parece que levou mais de três dentes de alho…o molho shoyu deve ser daquela marca que eu gosto…Pensando bem, acho que EU é quem deveria fazer o curso de gastronomia. – diz soltando uma gargalhada que sua tímida amiga de rabo de cavalo ouve.

Lita: ….Puxa…mas a Serena…não aprende…

Jin: Ah, fala de sua amiga?

Lita: Ah sim, essa risada deve ter sido dela…- diz a garota um pouco constrangida.

Jin: No momento, quero saber mais sobre você. – diz se aproximando dela.

Lita: S-sobre m-mim? – fala já ruborizada.

Jin: Claro. Adoraria se escolhesse essa faculdade para cursar…poderíamos lanchar juntos debaixo dessa mesma árvore que estamos. – fala com tom de voz macio, típico de galã de novela das oito ou seria das nove?

Lita: A-ah…eu g-gostaria sim… – o rubor a transforma em um tomate..

Jin: Assim, eu provaria seus pratos trazidos diretamente da aula…

Lita: S-sim… – ela estava a ponto de explodir, poderia facilmente ser um dos astros de “Tomates Assassinos”.

Jin: O que acha de conhecermos o campus? Conheço várias áreas lindas… – seu ego infla discretamente e pensamentos no mínimo censurados passeiam na sua cabeça.

Jin levanta-se e estende a mão à garota, que encantada com a maturidade e os galanteios, se entrega ao passeio. Em outro jardim da faculdade, Haruka e Michiru estavam a admirar aquele belo jardim que mais lembrava um sonho de verão. Olhavam sua hime-chan, Hotaru. Essa a quem olhavam se desenvolvia de maneira rápida, era atenciosa e meiga e ao mesmo tempo frágil e dona de um poder incrível.

Haruka: Não sei como pode uma pessoa tão frágil, tão pequena, ter tamanho poder capaz de dar vida ou mesmo destruir…como pode ser? Quando foi que nossa pequena se tornou tão madura, tão adulta precocemente?

Michiru: Ara Ruka, o que te preocupa? Nós cuidamos bem dela. O professor Tomoe também sempre que pode está por perto para auxiliar a nossa pequena. Ele sabe como gostamos dela e de tudo que podemos ensinar a ela para seguir e tomar sempre as melhores decisões. Jamais deixaremos ela se desvencilhar para algo ruim.

Haruka: Michi, o que seria de meu coração sem suas palavras…seu carinho…

Hotaru: Haruka-papa, Michiru-mama, que tanto falam? Não veem como é lindo aqui? Poderei fazer um excelente relatório para minha aula. Aqui tem tantas informações, tanta beleza, creio tirar uma boa nota!

– Com certeza. Continue se empenhando assim e terás um belo futuro – completava Setsuna que acabava de chegar.

Setsuna: Enfim achei vocês, eu estava na diretoria da faculdade e esta irá promover um baile de máscara para daqui umas cinco semanas e tenho um convite para vocês, olhava para Michiru e Haruka.

Hotaru: Mamãe Setsuna, eu adoro festas, iremos todas nós não é mesmo? – ela estava vibrando de alegria com a notícia.

Setsuna: A faculdade promoverá um baile de máscara para todos os estudantes. Uma maneira atraente de fazer com que os jovens interajam, e se sintam mais à vontade com o novo ambiente que logo frequentarão. Nisso terá várias apresentações de vários alunos animando o baile e sugeri que você e Tennou tocassem no baile o que me dizem?

Haruka: … Que pergunta…eu digo que um lugar cheio de meninos com hormônios borbulhando por causa de ponche alcoolizado é um tanto perigoso para a integrid…Ai! – Haruka massageia o próprio braço após ser…beliscada por uma garota de cabelos verdes que por acaso também era sua amante.

Red: Essa garota é um sonho de linda né, Haruka? Ela teve que beliscar seu braço pra você acordar.

Ami: Nossa, mas deve ter doído…- diz a menina um pouco chocada.

Haruka: …doeu… – ainda massageando o braço esquerdo.

Mina: Como será que ela vai tocar piano agora? – diz a garota forçando uma interpretação, onde os olhos arregalam e depois ri com deboche.

Hotaru: Coitadinha…

Michiru: Vai levar outro se continuar repetindo isso! Ara Haruka, por que sempre pensa mal dos meninos? – diz virando o rosto e cruzando os braços.

Rei nota que Haruka trocou de braço para reclamar de dor.

Rei: Haruka-san, não era o braço esquerdo que doía? – diz Rei apontando.

Haruka: …- olha para o braço e fica vermelha.

Michiru: Kami-sama…- diz a Sailor dos mares balançando negativamente a cabeça.

Setsuna olha o relógio como esperando que a discussão fosse durar mais do que o previsto.

Michiru: Perdoe-me por fazê-la perder tempo Setsuna, é que alguém não sabe se comportar… – diz olhando para uma loura alta que por acaso também era sua amante, mas que hoje iria passar uns minutos no sofá, talvez por algumas noites, Michiru ainda pensava que alternativa iria escolher.

Haruka: Haha…ela perder tempo? Kami!!!! Hahahahahaha!!!

Michiru:…Não tem graça Haruka… – diz ponderando que aqueles minutos, se tornariam horas se ela não parasse de fazer gracinhas.

Red: Vocês parecem Beavis & Butt-Head* de vestido. São muito engraçadas!

*Beavis & Butt-Head foi um desenho animado produzido pela MTV onde dois amigos viviam se estapeando e passando por diversas situações engraçadas.

Setsuna: Ainda preciso de uma resposta das duas. – fala esboçando um sorriso.

Michiru: Pode contar conosco Setsuna.

Haruka: …

Michiru encara a velocista com um olhar ameaçador.

Haruka: Pode contar conosco Setsuna.

Setsuna: Que bom. Escolham as músicas e depois me entreguem, para que depois façamos folders com a programação do evento. Tudo bem?

Michiru: Entregaremos sim, já tenho algumas em mente. – sorri.

Haruka: Setsuna? Aqui tem enfermaria?

Setsuna sorri. E finge não saber do ocorrido.

Setsuna: Tem sim, por quê?

Haruka: Sinto que farei uma amputação em breve…

Michiru: Ara, Ruka não exagere…isso alivia? – massageia o braço.

Haruka: ……..é no outro braço sereia…..

Michiru: Ara…não é que é mesmo? – ri.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s