Capítulo 06

O primeiro dia de Soleil Red na faculdade Moto Azabu

Soleil Red está dormindo em sua casa, sonhando.

Red: Mãe, cheguei! Consegui correr muito mais rápido hoje com o novo motor da Lorelei! Mãe? Mãe?

???: Sua mãe não está aqui, garoto.

Red: quem está aí? Apareça.

???: Você quer mesmo saber?

Red: Quero sim, e quero saber por que a minha mãe não está aqui.

???: Ela está morta, e agora quem vai morrer é você! Tome!

Um clarão surge e Red acorda.

Red: Mãe! Cara, que pesadelo.

???: Você ainda dorme que nem um anjo, Red.

Red: gaaaah! Setsuna, não sabe bater na porta? Eu estou pelado! – pula de susto enrolando-se no lençol.

Setsuna: Não é novidade para mim. Dei banho em você muitas vezes quando você era criança. Agora vá se arrumar para não se atrasar para o primeiro dia na faculdade.

Red: Eu tenho ainda que estudar? Mas eu já sou formado em veterinária, medicina, engenharia e tecnologia lá no meu planeta.

Setsuna: Disse muito bem; no seu planeta, mas aqui na Terra deverá agir com um jovem estudante. Ou quer por tudo a perder? E outra coisa: em administração você não é formado, então levante-se. Não esqueça de escovar os dentes e lavar o rosto. Recomendações de senhora Galáxia

Red: OK, Super Nanny. Não precisa ficar me lembrando das recomendações de mãe super protetora, até parece ela falando assim.*timer de cozinha* – disse Red em voz baixa.

Setsuna: Eu ouvi isso, cabecinha de brasa. Bom, agora que eu te acordei, tenho que ir.

Red: *já vai tarde, Super Nanny* – resmungou Red.

Red: Não tenho tempo pra fazer meu almoço *nota mental, deixar o que vou levar de almoço pronto antes de dormir*, droga. Ah, o que é isso? Almoço pronto? Super Nanny é fogo. Um bilhete.

“Já vai tarde, não é mesmo? Olhe para o relógio. Quem já vai tarde é você! – Setsuna.”

Red se dirige a largos passos para a faculdade. Os sinos indicando o início das aulas.

Red: Bem no horário.

Professor: Bom dia, senhores. Sou o professor Kojiro Fujiyama, e darei início à nossa matéria agora mesmo. Por favor, assinem a lista de presença aqui na minha mesa.

Red: *no meu planeta, temos identificador por leitura de íris, que coisa mais antiquada!*

Professor: Algum problema, meu jovem?

Red: Eu esqueci a minha caneta, senhor.

Darien: Toma, use a minha.

Red: Muito obrigado.

Red observa Darien por alguns instantes. *Até que para um ser humano, ele é bem gentil.*

Rapaz: vai assinar logo ou vai esperar o bonde passar?

Red:…o ser humano original, egoísta e insolente.

Red assina a lista e vai para o seu lugar.

Darien: Hey, espera. Você ainda não disse o seu nome?

Red: sou Soleil Red, e você é?

Darien: Darien Chiba. É um prazer te conhecer, por que não senta com a gente?

Red: *será que posso confiar nele? Ele parece ser amigável. Como o rei Endymion* Tudo bem.

Darien: Hey, Andrew. Atrasado como sempre?

Andrew: Tive que passar na minha irmã pra pegar meu lanche.

Darien: Andrew, eu quero que você conheça o Soleil Red.

Red: Me chamem de Red, por favor. *parece uma boa pessoa também*

Andrew: Olá, me chamo Andrew. Seu nome é estranho. De onde você veio?

Red: *ora bolas, de outro planeta*. Eu fui transferido de uma universidade na França.

Professor: OK, agora que todo mundo assinou a lista, vamos dar início à aula.

A aula passa como uma corrida de lesmas, mas finalmente chega a hora do intervalo.

Darien: Hey, Red. É hora do intervalo de almoço.

Red: Vão na frente, eu quero terminar de anotar o conteúdo da aula.

Andrew: Tudo bem, nos vemos então.

Red: Só eu anotando no caderno, todos tem laptop. Mas amanhã eu trago o meu. Pronto.

Red desce até o pátio da faculdade, três garotos o seguem.

Garoto 1: Hey, garoto novo. Vem aqui.

Garoto 2: Nós esquecemos de trazer o nosso almoço.

Red: E eu com isso? O problema é de vocês.

Garoto 3: O seu almoço parece muito bom, então queremos tirá-lo de você.

Red: Sonhem com isso. Agora com licença.

Os três garotos cercam Red.

Garoto 1: Quando falamos que queremos alguma coisa, nós conseguimos o que queremos.

Red: Cara, não gostei de vocês. Vocês não querem arrumar problemas comigo, certo?

Garoto 2: Ele é corajoso, (fala zombeteiro) vamos rapazes.

Os três voam pra cima de Red. Red dá uma simples esquiva,  uma rasteira no garoto mais gordo e o ergue pelas pernas, derrubando os outros dois; fazendo-os voar longe. Darien e Andrew chegam correndo, curiosos pelo alvoroço.

Red: Vocês ainda querem o meu almoço?

Garoto 3: Não, pode ficar com ele, e fica com o meu dinheiro também.

Garoto 2: Fica com o meu também, desculpa qualquer coisa.

Garoto: 1: Deixem-nos em paz, por favor!

Red: Pobres almas insolentes. Ah, Darien, Andrew.

Andrew: Nossa, cara! O que aconteceu por aqui?

Red: Tive que dar cabo dessa bola de boliche e seus fiéis pinos. Agora garanto que eles nunca mais vão aprontar com ninguém, não é verdade, garotos?

Garotos: sim, é verdade.

Darien: Finalmente eles tiveram o que mereciam. Eles são conhecidos por roubar o almoço de quem eles não vão com a cara. Bom, vamos comer então.

Red; Minha parte favorita de estar na faculdade: comer.

Darien: Nossa, agora juro que ouvi a Serena falando isso.

Red: Serena? Quem é Serena?

Darien: É a minha namorada, um dia vou apresentá-la para você. Ela vai prestar vestibular neste ano.

Andrew: A famosa cabecinha de vento do Darien.

Red: hahaha.

Andrew: Agora que você tocou no assunto, Darien. O Red podia ir com você lá no restaurante da minha irmã encontrar a Serena e as meninas, assim ele já conhecia a turma toda.

Darien: é uma boa idéia, Andrew. O que você acha, Red?

Red: Por mim tudo bem, não tenho nada pra fazer depois, eu só trabalho à noite.

Andrew: No que você trabalha?

Red: Sou DJ.

Darien: Um trabalho um tanto quanto exótico.

Red: Todos dizem a mesma coisa quando me conhecem. *eles são os primeiros humanos que eu conheço – gota*

Os sinos do segundo período tocam e todos se dirigem à aula.

O professor Fujiyama passa um vídeo sobre globalização nas empresas e algumas vezes parava o DVD para dar algumas explicações. No final do filme, todos já estavam quase dormindo, exceto Red e Darien que assistiam atentamente ao filme.

Professor: Bom, senhores, trabalho em grupo para semana que vem. Façam um relatório sobre este filme e expliquem com suas palavras o que vem a ser globalização. O grupo pode ser de três pessoas. Estão dispensados.

Red: Trabalho bem no primeiro dia de aula? Ah, ninguém merece.

Darien: Relaxa é assim mesmo e outra é em grupo, não é tão difícil. Eu, você e o Andrew vamos fazer o trabalho.

Andrew: Bom, pessoal. Eu preciso ir, o Game Center me espera.

Red: Até mais, Andrew.

Darien: A gente pode fazer o trabalho no meu apartamento, é só a gente marcar o horário e pronto.

Red: Bom, tem a minha casa também, moro perto de um templo.

Darien: Por acaso é o Templo Hikawa?

Red: Hikawa, é esse o nome. Tem uma menina que está sempre varrendo as folhas secas.

Darien: Aquela menina é a Rei Hino, a donzela do templo. É uma amiga minha e da Serena.

Red: Eu gosto de templos. São muito bonitos e podemos entrar em contato com Deus e com o nosso subconsciente por alguns minutos.

Darien: Nossa, olha a hora. 17h45. Estamos atrasados pro encontro no restaurante da irmã do Andrew.

Red: Então vamos. Já terminei de anotar a matéria. Amanhã vou trazer meu laptop, pensei que aqui ainda usavam cadernos.

Darien: Você é um pouco estranho.

Red: *o que será que ele quis dizer com isso?* Ah, que seja. Vamos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s