Capítulo 05

Sentimentos confusos e uma visita surpresa

As meninas tiveram um fim de semana tranquilo. No sábado foram ao apartamento do Darien para assistirem alguns filmes acompanhados de muita pipoca, salgados e refrigerantes, o que garantiu bons momentos. Na sacada estava Serena, admirando a noite linda e estrelada, com um certo ar de saudosismo.

Darien: O que há com você? Não vai ver o filme com as meninas? E ele se aproximou e abraçou pelas costas, dando um beijo em seu rosto.

Sabe, eu estava lembrando de nossas vidas passadas, do baile no Reino lunar, da Rini. Deu uma saudade dela de repente. É estranho estarmos aqui já sabendo do futuro, mas será que esse futuro é realmente o que nos espera?- indagou Serena.

Darien: Por que essa preocupação agora? Sabe que sempre estarei com você, que apesar de tudo o que passamos, nosso amor será eterno. O que há? Não está feliz com o pedido que te fiz? – Darien estava de frente para Serena e um pouco preocupado.

Serena: Não, não é nada. Só estava pensando.

Darien: Você pensando, minha cabecinha de bolinho, é um pouco estranho, acho que essas semanas de estudos mexeram com você!

E ele não conteve o riso ao ver Serena brava, mas um beijo sempre dava um jeitinho de deixá-la mais doce. E foram para dentro, pois no dia seguinte fariam um belo passeio com a família da Serena e as meninas.

Era um domingo muito lindo, o céu claro, o perfume das flores estava por toda parte.

A família de Serena e seus amigos foram até a praça 10 para um piquenique, já que era o último domingo de férias, e queriam aproveitar ao máximo esse dia tão bonito.

Os pais da Serena estavam arrumando o local para o lanche enquanto as meninas e o Darien estavam jogando bola. De repente, a bola é lançada um pouco mais longe e Serena vai buscar.

Ah! Lita, você poderia ter lançado mais devagar e com um pouco menos de força né? E porque eu que tenho que ir sempre buscar? Tão me achando com cara de gandula é? – disse Serena enquanto tentava achar a bola.

Serena, desculpa, não queria fazer isso, mas as meninas pediram para fazer, assim ficaria mais lanches pra gente – falou Lita.

Não era pra ter contado Lita, que coisa! Agora mesmo que a Serena vai procurar essa bola igual uma doida só pra vir depressa comer tudo – as outras falaram. Darien e Sammy riam e concordavam com elas.

Serena: Vocês vão ver só, pena não usar meus poderes senão vocês veriam só uma coisa.

???: Larga de ser reclamona, se continuar assim quem vai sumir com a bola sou eu, e daí sim quero ver você achar.

Não pode ser! Essa voz. Mas será que… – Serena mal termina a frase e vira se deparando com Rini, Hotaru e as demais.

Meninas olhem quem está aqui, olhem – falou Serena enquanto corria ao encontro de Rini e das demais.

É realmente a odango não vai mudar nunca, será sempre a garota com cara de lua cheia – Haruka dizia.

Mas jamais deixará de ter esse brilho no olhar que nos encanta e esse coração generoso – completa Michiru.

Nisso aparece a Diana para trazer um cordão pra Rini que tem a forma de um camafeu de coração, mas que seu interior na verdade tem um espaço para os pingentes de Serena e Darien, (isso seria revelado no momento apropriado)

Enquanto estavam todos tomando lanche, logo adiante, um pouco perto deles, estava uma pessoa treinando um pássaro, e observava com atenção aquele grupo de pessoas alegres reunidas.

Não sei porque, mas aquele grupo me incomoda um pouco. Talvez por querer lembrar de onde eu os conheço, se ao menos já tive contato com eles. Porque não consigo me lembrar? – dizia o rapaz para sua ave.

Não se preocupe, não fique assim, angustiado, logo terá respostas para todas as suas perguntas. O grupo e você ainda ficarão muito mais unidos do que possa imaginar. Não fique assim, e disfarce porque tem uma delas que está nos observando – disse a ave.

Está bem, agora vamos treinar a manobra da flecha – falou o rapaz.

Nisso, Setsuna sente uma presença familiar e olha na direção do rapaz e pensa: “não pode ser! Mas, será que é ele mesmo? Porque será que ele está aqui? Será que aquela luz daquele dia….” Ela ia continuar quando Rini pergunta:

O que há “Plu”, porque está olhando aquele rapaz? Conhece de algum lugar?

Rei também está olhando e comenta: Esse rapaz. Ele está morando perto do templo, já tem alguns dias que o vejo no templo. Mas não sei quem é. É de falar muito pouco, parece um pouco desconfiado, não sei. (por algum motivo, Rei não pode revelar a identidade do rapaz)

Pequena dama, não é nada. Apenas pensei ser alguém conhecido só isso. Mas acho que me enganei. (nota: Setsuna não poderia revelar a ninguém a identidade do rapaz, ela sabia quem era e porque estava lá mas não podia contar nada para as outras, ao menos por enquanto.)

Falou em rapaz, onde cadê? – indagava Mina toda entusiasmada. Nisso Lita, também está olhando para o rapaz e pensa…..” Mas ele não me é estranho..”

Lita, Lita, hei Lita – Serena chamando. Não vai me dizer que ele é outro rapaz que se parece com o garoto que partiu seu coração. Essa história de novo não, se bem que olhando pra ele , ele me lembra alguém de longa data  não sei.

Darien: O que foi Serena? Lembrou-se de alguma coisa, de alguém? Agora que você falou, ele não me parece muito estanho não. Será algum novo inimigo disfarçado?

Ami: Creio que não, do contrário o computador teria dado alerta ou mesmo o espelho de Michiru mostraria algum sinal não é mesmo?

Michiru: De certa maneira sim, mas não há qualquer vibração negativa vindo desse rapaz. Ao contrário, é uma energia forte, mas não nos oferece perigo.

Você tem certeza disso, Michiru? Pois como pode ser uma energia maior que a nossa e, no entanto não ser maligna? Será algum truque ou barreira? – completa Haruka.

Por fim, deixaram o assunto para outro dia, afinal queriam aproveitar o último dia de férias.

Os pais de Serena ajeitavam tudo para que todos pudessem desfrutar de um dia tranqüilo e recheado de coisas gostosas que Ikuko e também Lita haviam preparado. Kenji, Sammy, Darien e Haruka cuidavam de pegar sucos e refrigerantes, copos, guardanapos e ajeitavam tudo para se servirem.

Ikuko: Venham meninas, meninos, está tudo arrumado, sirvam-se a vontade.

Kenji: Nossa!!! Querida está realmente lindo. Com certeza muito saboroso. E olha que eu trouxe minha máquina para tirarmos algumas fotos depois o que acham?

Todos concordaram e passaram o dia felizes. Foi uma tarde cheia de brincadeiras , fotos bem divertidas. Pareciam ter voltado no tempo de crianças, tamanha era a festa. Mas também tinham que se preparar para o novo ano letivo que estava para começar na segunda.

Começam as aulas em todo o Japão, é dia de contar tudo o que fizeram nas férias, conhecer novos amigos e vivenciar novas experiências.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s